Este blog contém pus!

coiso

Pára, escuta e olha (uma metáfora visual)

ATENÇÃO

PÁRA

ESCUTA

OLHA!

Anúncios

6a feira 13, pt. 3 (O treze)

13
 
 
n.d.b. inspirado em escritos aleatórios

Para a numerologia, a explicação para a ‘sorte’ é o facto de que o 13 somado, no caso 1 + 3, tem o resultado do número do ‘todo’. O 4 significa, para a numerologia, a junção dos quatro elementos, água, fogo, terra e ar.

Mas o 13 também tem o lado negativo e é considerado de má sorte. Na numerologia, o número 12 é considerado um número de coisas completas como 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou os 12 signos do zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular e incompleto.

A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerada um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13), temos o mais azarado dos dias.

Esta superstição pode ter tido origem no dia 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França; os seus membros foram presos simultaneamente em todo o País e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

Existem também duas outras versões que provêm da mitologia nórdica que explicam a superstição. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crença de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça.

Segundo outra versão, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a reunir-se todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio e os 13 ficavam a rogar pragas aos humanos. 

Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos!

 

  

E fica desde já o aviso para quem é supersticioso que a próxima passagem de ano calha numa 6ª feira 13!

 

 

1 e 2 e 3 s 6 d 13

 


TXDRM 1a.

Ma(n)gusto!

 

Se a minha avó tivesse rodas… era um alce!?


Previsões furadas

Ele há coisas que nos fazem pensar.

 

A fazer fé nas previsões o tempo pode mudar a qualquer altura.

in RTP

Ele estava-se a referir ao tempo metereológico.

Qualquer outra mudança de tempo. Aqui!


!!! — em risco — !!!

Com o crescente acesso à internet existem cada vez mais crianças em risco.


A verdade é que sempre existiram Pessoas em risco.


Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.




Todo lançado

2º lançamento oficial

 

Queria aqui juntar em simultâneo 1 lançamento e 1 aniversário.

O 2º lançamento oficial do blog e consequente 1º aniverário do 1º lançamento oficial, isto, em conjunto com o 1º 2º lançamento oficial do blog. Para o próximo ano é esperado o 3º lançamento oficial com o 1º aniversário do 2º lançamento oficial do blog, mas também o 2º aniversário do 1º lançamento. Coincidência ou não, mas daqui a 2 anos será então tudo à molhada com o 2º aniversário deste lançamento, de braço dado com o 1º aniversário do 3º lançamento oficial deste blog, com o 3º aniversário do 1º lançamento. No sofá estará 4º lançamento oficial do blog. Mas isso… será só daqui a 2 anos.

Por tantos, e sem demais, aqui fica o 2º lançamento oficial do blog:

4,27 mt p/ 87 kg

(29-08-2009)

Recorde mundial de salto à vara com lançamento*

 

* não necessariamente por esta ordem

 

Só de pensar que conheço pessoas determinadas em fazer carreira desportiva no salto à vara. Bem, não será bem uma carreira, mas mais um término de actividade física. Aliás, a única coisa que me traz satisfação, é que pelos vistos, com uma vara, uma pessoa e uma máquina de filmar se podem fazer maravilhas.

É preciso ser animal para tentar brincar com uma vara tão grande.


Quem sai aos seus,

– Djeww…
– Vhhouuu.
– Vcheu!
Ddjii!

 (final da recriação do diálogo entre dois sabres de luz)
 

 

VADER: No. I am your father.


pino do Verão

Atenção. Não confundir com pino no varão.

São coisas completamente diferentes.


Geometria descritiva

  • Por vezes, o meu círculo de amigos é uma linha recta.
  • Eu e o meu amigo imaginário.
  • Outras, o meu círculo de amigos é um triangulo.
  • Eu e mais dois amigos imaginários.
  • O meu círculo de amigos, uma vez, foi um hexágono.
  • Eu, os meus dois amigos imaginários e o nosso reflexo.
  • Às vezes falo com àrvores
  • Às vezes também falo com Animais.
  • Às vezes falo comigo.
  • No meu círculo de amigos não bebo.
  • No meu círculo de amigos não fumo.
  • No meu círculo de amigos não tomo drogas.
  • No meu círculo de amigos não…
  • Para dizer a verdade não gosto do meu círculo de amigos.
  • Sinceramente…
  • Prefiro estar no seio de amigos.
  • Estar no seio de amigos é gratificante.
  • Estar no seio de amigos é coiso.
  • Estar no seio de amigos é mais fofinho que no círculo de amigos.
  • Gostava que o meu círculo de amigos fosse um paralelopípedo.
  • Ou uma pêra.
  • Ou um seio.
  • Só que depois já não era um círculo de amigos.

Rapidinha VII – Menú

E á 7ª fez-se um menú.

Rapidinhas:

  1. SMS 
  2. Salto altos
  3. Michael Jackson
  4. O Provedor
  5. ( )
  6. Moniz

 

E isto passou-se…


Rapidinha I – SMS

Alguém escreveu:

 

Bom dia. Vai bugiar. Ou será vai buziar? É por ser o Bugio ou o búzio? Talvez quem diga buziar só tenha um problema na lingua ou ande a passear de autocarro em Londres. Penso que o Bugio é para os lados da Costa. Mas aí deve haver búzios. Se calhar são sinónimos. Ou heterónimos do mesmo búzio. Prefiro caracois.

 

Ou como já disse o outro:

 

fui ao mar
apanhar conchas e búzios
cheguei a casa
em cima da mesa os “púzios”

E isto passou-se.


… e o feio…

Estava à procura do filme: “O bom, o mau e o feio” mas o máximo, ou o mínimo que consegui foi esta espécie de versão italo-americana de um western.

Acho que lhe chamam um spaghetti western.

 

Um tal de “O bom, o mau e o vilão” que ainda por cima tem um duelo a 3! 

Um trielo! Onde é que já se viu? Tirando no próprio filme é claro.

E a musiquinha “inritante” sempre com assobios…

Até me fez lembrar uma outra versão, e esta, realmente com um Feio. Um António feio e um José Pedro Gomes, juntos n’ “O bom, o mau e o espanhol“, in Paraíso Filmes (*)


Um calor do…

Peço desculpa pelo recente interregno em novas dissertações sobre a actualidade, logo agora que ela estava tão interessante mas…

Sim, estava a exagerar, a actualidade não tem estado interessante mas(!)… mesmo que estivesse não iria escrever nada. E digo isto com certeza. É que caso não tenham reparado ultimamente, mas tem estado um calor do… Cáucaso. Ou um frio esquisito. O que preferirem. E eu, a personagem sensível que sou, não me sinto bem com muito calor. Sinto-me a derreter. Agora perguntam-me (nos comentários), se sou assim tão sensível como consigo agora estar a escrever? Fácil. Enchi a banheira com àgua fria e cubos de gelo e sentei-me no sofá a escrever este artigo.

É  natural que muitos estejam em desacordo, tal como em tudo o resto que eu digo. Que até gostam deste calor, e que é o Verão, e os corpos, e o suor e o ca… lor. Mas o que eu mais tenho visto e principalmente ouvido são pessoas a queixarem-se. Ah e tal. Está um calor do… E, ao contrário de mim, queixam-se por tudo e por nada. Ainda há semanas diziam que estava muito frio para esta altura do ano. E antes que estava muito muito frio. Aliás, um frio do… Norte de África e que estava muito vento, e antes que estava muita chuva, e ainda antes que estava muito nebulado, e estava muito húmido, e estava muito coiso, e muito sol, e muito seco e muito… Ahh!!!!!

Qualquer dia ainda se queixam que está um tempo muito temperado, que não está muito calor nem muito frio, nem muito húmido nem muito seco… antes pelo contrário!

Para mim, no entanto, esse seria mesmo o ideal. Um tempo assim-assim, nem mais, nem ontem. Agora surge a pergunta de alguns (nos comentários), se o tempo fica ameno quando é que existem razões para andar a correr e a saltitar todo pelado pela casa? Eu respondo com outra pergunta, afinal para que serve o aquecimento central, senão, para os pequenos prazeres da vida? E no fundo, cada um é como cada qual, e eu até prefiro que a minha casa esteja muito fria, não vá eu embater com uma extremidade do meu corpo contra algo enquanto saltito. Já me aconteceu com o dedo do pé no canto da escrivaninha, por exemplo.

Se vocês não têm o espirito saltitante e aventureiro, melhor para vocês. Mas agora que vai iniciar o Verão tenham muito cuidado com o sol e o calor, protejam-se dos raios UV e vão pela sombra.

E usem boné!

E já agora e para todos, desejos de um Verão com um tempo ameno com’ ó… caralho!

 

n.d.b. Se acharam que as idéias e a escrita estavam algo desconexas, é natural. É que está um calor do… Verão!