Este blog contém pus!

Posts tagged “ensino

Seus diabetes II

Parece que as reformas na educação que o governo está a pôr em marcha já estão a dar os primeiros frutos!

Frutos, frutos não dão, pois neste momento as reformas são no ensino e não na agricultura. É que parece mesmo que além da melhoria nas condições de ensino, são os próprios alunos que se empenham mais e até se embrenham em actividades extra-curriculares onde a culinária está no topo da lista. No “meu” tempo a única actividade extra-curricular que havia era uma balda às aulas. E das duas, uma, ou um joguinho de bola ou uma mesa de ténis de mesa (vulgo, pingpong ) em que nos tornava-mos mestres no “puxanço“, o que quer que isso fosse. Agora transformam-se em verdadeiros «mestres da culinária» e deliciam manifestações escolares com os seus dotes. Que o diga a ministra ou os seus secretários que quase tiveram a experimentar bruchettas de  omoleta com tomate aos bocados nesta ultima semana.

Nem sabem o que perderam! Eles estão a investir na sua educação…

Outro dos campos em que parece que rapidamente os alunos estão a progredir a olhos vistos, perdão, a ouvidos ouvidos, é o campo musical. Aliás, é o próprio Secretário do Estado que faz publicidade a essa progressão. Ele acha que cada vez mais os alunos estão a ser «instrumentalizados» e que até o fazem por SMS! Não sei o que vocês acham, mas eu! … acho espectacular. É que não sei se vocês sabem mas informaram-me há uns dias, que toda gente sabe o quanto é dificil construir toques musicais com o telemóvel… mesmo que ele seja polifónico. Assim, qualquer dia, até sabem escrever as notas do hino! Depois quando estiverem na universidade aprendem a letra!

Mas, não há bela sem cotão e existe algo que estou em completo desacordo, e isso, é o novo estatuto do aluno. Já lá vai o tempo em que para uma bela actividade extra-curricular da balda, não era necessário marcar nada por sms, não eram necessárias 200 pessoas para nos sentirmos justificados e principalmente, não tinhamos que ter umas aulas ou fichas de recuperação! Onde já se viu estar na escola e realmente estar preocupado em aprender? É que esta decisão vai contra todo o propósito do acto. Se o aluno quer faltar é porque tem muita vontade de ir exprimir a sua individualidade… ao ar livre.

– Olhem só aquele betinho, andou a faltar às aulas só para ter mais uns testes e umas aulas de recuperação! 

Não deixem o aluno perder o seu estatuto!

Lutem por uma balda melhor!