Este blog contém pus!

Mais Recente

Som vencedor

 

1 L.A. to Detroit (to London) 1:19
2 McNasty Filth + 2:55
3 Nowadayz * 3:08
4 Champion Sound + 2:23
5 The Red * 3:14
6 Heavy + 3:46
7 Raw S–t * 3:08
8 The Official + 3:31
9 The Heist * 3:05
10 The Mission + 2:24
11 React (ft. Quasimoto) * 2:45
12 Strapped + 3:13
13 Strip Club * 2:50

14 The Exclusive * 1:23
15 Survival Test + 3:55
16 Starz * 3:03
17 No Games + 1:47
18 Pillz 2:49
19 Raw Addict 3:02
20 Ice 1:15

+ Prod. Madlib
* Prod. J Dilla

Anúncios

Mais um…

Nunca pensei

vir a ter

mais que um:







2 (dois) anos

 de existência

do blog!

No Pontal da política

Após a Festa do Pontal, o comício de rentrée política posso destacar:

Meus amigos, vai ser um ano duro. Como perceberam hoje, começou a ‘porrada’.

Pedro Passos Coelho, in Pontal

 

Este homem vive em Massamá, não vive em condomínio fechado.

Mendes Bota, in Pontal (aos 0:38, a seguir à publicidade)

1) Os políticos apresentaram um bronze aceitável

2) Acabou-se o descanso, vai começar a porrada

2) O Mendes Bota está a ver se lincham o Passos Coelho em sua casa

3) O Mendes Bota está mesmo a ver se lincham o Passos Coelho em sua casa

4) Será melhor o Pedro Passos Coelho ir viver para um condomínio fechado

6) Deviam existir condomínios fechados em Massamá vedados ao Mendes Bota

7) Como retaliação, Pedro Passos Coelho deveria dar a morada de Mendes Bota a Manuela Ferreira Leite

Roleta russa

Vamos jogar um jogo…

Com uma arma, algumas balas. E com o valor da amizade.

Chama-se: O Caçador

Agora, é a tua vez…

6a feira 13, IV

A cesta da fruta. A sesta da fruta. A sexta da fruta. 

Dormir a sesta. Dormir a sexta. Dormir a cesta.

Na sexta, dia 13. Na sesta, dia 13. Na cesta, dia 13.

 
Este artigo não foi escrito tendo em conta o novo Acordo Ortográfico mas sublinhámos o que pensamos correcto.

 

Paz no Mundo. Pás no Mundo. Paj no Mundo

Tridente dos mares

A4. Primeiro, não estava a perceber como e porquê o Governo português tinha gasto tanto dinheiro em pastilhas. Dinheiro não, milhões! Que é uma moeda que o cidadão comum normalmente não vê em circulação.

(A4, tiro no barco de 2 canos)

Depois, lá me fizeram um desenho:

Mas continuei sem perceber.

Ao que parece, quem o comprou também não percebeu porque o fez. E7

(E7, tiro no porta-aviões)

No entanto, devido a uma explicação posterior percebi que Portugal precisava mesmo de um submarino para o exercício da Guerra. E todos nós compreendemos que é um esforço que deve ser feito pois só com porta-aviões e barcos de 4 canos o nosso campo da batalha naval fica muito denso e facilmente abatem a nossa frota. Deste modo precisamos de um submarino, esguio e furtivo para poder ultrapassar uma barragem de torpedeiros.

Felizmente, quem teve esta idéia, também pensou que só com um submarino também não íamos a lado algum. Precisamos de mais. Por isso, se o Tridente não resultar, mandamos logo de seguida o Arpão. F6

 

A factura Com o Tridente e o seu irmão Arpão – que deverá chegar a Portugal entre o final deste ano e o início de 2011 – vem também uma factura de mais de mil milhões de euros, valor correspondente a cerca de 0,6% do produto interno bruto nacional. Projectado em 2004 pelo governo de coligação PSD/CDS como um investimento de 769 milhões de euros, a compra dos submarinos fica marcada por derrapagens financeiras.

in ionline 

(F6, água!)

Ao menos assim, se não acertarmos no inimigo podemos apanhar alguma baleia.

Ou um «sardinha!» »» »»»

António Bué Feio

Estavam 2 homens sentados num palco.

Um saiu e o outro chamava-se António.

(1954-2010?)

http://www.antoniofeio.com/

Um ar que me deu

Uma dor repentina. Nem sei porque fui cravar os dentes no polegar.

Se tu és ar,
O ar te corto.
Ar da terra,
Ar do vento,
Ar do tempo,
Ar do sol,
Ar da lua,
Ar do mar.
E todo o mal enrodiado
Por Jesus Cristo
O venha tirar.
Ámen.
Em louvor do Santíssimo Sacramento,
Saia todo o mal para fora
E entre o Seu santo bem para dentro.
Ámen.

in Tradições e Superstições  

 

Há tantas e tantas coisas em que se pode pensar apenas com o simples intuito de fazer o trabalho passar mais depressa. Tais como: não pensar no trabalho. Outras vezes é bom pensar em outra coisa qualquer. Por vezes, podemos até inflingir dor em nós mesmo e assim não pensamos no trabalho que temos em mãos. Claro que este modo… pode ser… doloroso. Morder o polegar durante bastante tempo pode criar gangrena, levar à amputação ou chamar a atenção dos seus colegas de trabalho e do chefe. Se esta for a sua escolha mesmo assim, morda um pauzinho de gelado para abafar os gritos de dor. Acredite em mim, eu sei.

Há tantas e tantas coisas em que se pode pensar. No outro dia pensei em hortelã. E ontem pensei em cravar os dentes no polegar. E doeu… porque o fiz. E hoje? Hoje pensei em «AR». Sim, foi um «AR» que me deu. Pensei no «AR» que nos rodeia. Pensei no «AR» que respiramos. Pensei no teu «AR» de parvo. Pensei muito. E no entanto, entre tanto pensamento sobre «AR» acabei por chegar a uma dúvida. E nada pior num encadeamento de pensamentos que uma dúvida. As dúvidas travam o pensamento e em larga escala o progresso! Isto foi o que eu pensei e suponho que seja verdade. Por isso ajude-me a continuar o progresso:

 

Se existe ar comprimido…

Será que existe ar supositório?

Laranja Mecânica

Provavelmente daqui a uns anos ninguém se lembra da equipa que perdeu a final.

Seleccionar ano:
2010
1978
1974
1971

Seleccionar jogador:
Bach
Bethoven
Fernando Lopes-Graça
Mozart
Wagner

Seleccionar equipamento:
Fato-de-treino
Avental
Calções e T-Shirt
Fato-de-flanela
Pijama

 

Polvo à lagareiro

Acabou o primeiro Mundial de Futebol no continente africano. Terminou com um vencedor novo tal como aconteceu em anteriores edições, mas ao contrário destas, foi um vencedor que nunca antes tinha ganho um Mundial. A Espanha, nossos queridos irmões, nuestros hermanos ganharam pela primeira vez o Mundial de Futebol.

Deêm-me agora só um momento para mostrar o meu desagrado perante esta situação, aproveitando para ser um ganda porco… ou cerdo.

Por falar em animais, neste Campeonato do Mundo de Futebol outro animal esteve em destaque. Um polvo que veio reformular uma velha máxima do futebol:

Football is a simple game; 22 men chase a ball for 90 minutes and at the end, the Germans win.

by Gary Lineker

O futebol é um jogo complexo e apaixonante, com 22 jogadores em basculações e desmarcações constantes, atrás de uma Jabulani e no final ganha a equipa que tiver o maior domínio técnico-táctico ao longo dos 90 minutos, ou seja, a Alemanha.

by influência de Luis Freitas Lobo / Manuel Machado

Traduzindo, o futebol é um jogo simples com 22 jogadores atrás de uma bola durante 90 minutos e no final os alemães ganham.

… a não ser que um polvo diga o contrário!

by Paul, o polvo

Perante factos, é verdade que não há argumentos, e Paul, o polvo, acertou em todos os resultados que vaticinou. Já não bastava a Deus dar ao Homem inteligência, também providênciou que alguns animais tivessem o dom da Maya. Não a abelha. Porque também não consta que haja alguma abelha que adivinhe resultados… E, por falar em adivinhar, eu até adivinhava o que aconteceria ao polvo Paul, se nadasse em Portugal.

E acho que vocês também já estão a ter premonições…

Mas falando do passado. Queria voltar a mostrar o meu desagrado pela vitória de Espanha no Mundial de Futebol.

Exacto. Polvo à lagareiro!

Copa do Mundo

Aproveito desde já o cabeçalho deste artigo para dizer, Hiper Casillas. Foi apenas algo que ouvi hoje e gostaria de partilhar convosco.

Desde que começou a Copa do Mundo este é a primeira altura em que durante mais de 24 horas não vão haver jogos. Como é que sei? Porque desde há 18 dias, ou para ser mais exacto, desde há 18 dias, 6 horas e 17 minutos que não saio da frente da televisão… e acreditem em mim, quando digo que o máximo de tempo que eu contabilizei sem jogos foram 17 horas, 43 minutos e 28 segundos. Fui 3 vezes à casa de banho. Este hiato deixou-me tão indignado que enviei um email para o organismo organizador da prova. No entanto, um amigo meu chamado Rui Santos avisou-me que eles não irão ler ou responder ao meu email porque não são as favor das novas tecnologias.

Larissa e a Vuvuzela

Quanto a estas afirmações, a única coisa que vos pode levar a duvidar da veracidade das mesmas é que talvez pensem que é humanamente impossível que alguém consiga ficar tanto tempo a ver jogos com o barulho das vuvuzelas. Meus amigos… Vuvuzelas? Bolinhas de algodão nos ouvidos! Ou cajus. Também funcionam pois adaptam-se à cavidade auricular, e quando o algodão já tem a cera suficiente para os móveis da sala, o melhor é trocar. Também já ouvi  falar de pessoas que desligam o som à televisão mas eu acho que isso retira um pouco do ambiente festivo e não deixa os comentadores a falar para o boneco.

Portugal  0 – 1  España

 

Quanto a este último jogo desta série de jogos sem parar existe algo que não percebo: Se o Ronaldo foi zero e o Queiroz ficou empatado com ele, como é que Portugal foi eliminado?

Por mim, a partir deste momento, vou desligar desta prova mundial  e iniciar uma vida saudável. Sair à rua, passear na floresta, ingerir muitos líquidos, não comer muitas gorduras etc. Talvez a única dúvida ou interesse que ainda se vai manter nesta Copa, é se é copa C ou D? De qualquer das maneiras, qualquer que seja a resposta parece que pelo menos é Copa para Mundial!

E para finalizar e só mesmo como notas de rodapé: 

Hiper Coentrão. Hiper Eduardo. E… Hasta la vista. Chica!

Num parque de estacionamento…

At the Drive-In no Barreiro

Relationship of Command no Seixal

2000 em Almada

1 Arcarsenal 2:55 em Palmela
2 Pattern Against User 3:17
3 One Armed Scissor 4:19
4 Sleepwalk Capsules 3:27
5
Invalid Litter Dept. 6:05 em Setúbal
6 Mannequin Republic 3:02
7 Enfilade 5:01 na Costa de Caparica
8 Rolodex Proaganda 2:55
9 Quarantined 5:24 na Moita
10 Cosmonaut 3:23
11 Non-Zero Possibility 5:36 no Montijo